Login | |

Acacia longifolia

Arbusto ou pequena árvore perene, de espigas amarelo-vivo; muito frequente em dunas.

Nome científico: Acacia longifolia (Andrews) Willd.

Nomes vulgares: acácia-de-espigas, acácia-de-folhas-longas, acácia

Família: Fabaceae (Leguminosae)

Estatuto em Portugal: espécie invasora (listada no Decreto-Lei nº 92/2019, de 10 julho)

Nível de risco: 30 | Valor obtido de acordo com um protocolo adaptado do Australian Weed Risk Assessment (Pheloung et al. 1999), por Morais et al. (2017), segundo o qual valores acima de 13 significam que a espécie tem risco de ter comportamento invasor no território Português | Actualizado em 30/09/2017.

Sinonímia: Acacia longifolia (Andrews) Willd. var. typica Benth., Mimosa longifolia Andrews, Mimosa macrostachya Poiret, Phyllodoce longifolia (Andrews) Link, Racosperma longifolium (Andrews) Martius

NOVIDADE: Em Julho de 2015, foi autorizada a libertação de um agente de controlo natural para conter a dispersão desta espécie, estando em curso desde Novembro libertações deste agente e respectiva monitorização.

Data de atualização: 27/06/2020

Ajude-nos a mapear esta espécie na nossa plataforma de ciência cidadã.

Avistamentos actuais da espécie: 
PDF para imprimir: 

Como reconhecer

Arbusto ou pequena árvore de até 8 m.

Folhas: perenes, reduzidas a filódios laminares, oblongo–lanceolados; com 2-4 nervuras longitudinais.

Flores: amarelo-vivo reunidas em espigas axilares.

Frutos: vagens cilíndricas, contorcidas na maturação; sementes com funículo curto, esbranquiçado.

Floração: dezembro a abril.

Espécies semelhantes

Acacia cyclops (acácia) é semelhante mas tem filódios normalmente menores, mais claros e ligeiramente falciformes, as flores estão reunidas em capítulos, a vagem é comprimida e o funículo é escarlate e envolve completamente a semente. Acacia melanoxylon (austrália) também tem alguma semelhança, mas os filódios são falciformes, as flores reúnem-se em capítulos e as sementes são totalmente envolvidas por um funículo cor-de-laranja.

 

Há várias espécies de acácias em Portugal que apresentam características muito semelhantes. Se tem dificuldade em distingui-las consulte a chave simplificada que preparámos para identificar as espécies do género.

Características que facilitam a invasão

Reproduz-se por via seminal produzindo muitas sementes, que permanecem viáveis no solo durante muitos anos. A produção de sementes chega a atingir 12000 sementes/m2/ano, a grande maioria concentrada debaixo da copa da árvore. As sementes são dispersas por animais, sobretudo por pássaros e formigas, causando o aparecimento de focos de invasão. A germinação é estimulada pelo fogo. Apresenta taxa de crescimento elevada.

A espécie também se reproduz por via vegetativa, formando rebentos de touça em algumas situações. No entanto, em zonas de subcoberto, em algumas condições climáticas ou estações do ano a espécie rebenta muito menos vigorosamente ou pode mesmo não formar rebentos.